Balé de Içara conquista seis ouros, três pratas e um bronze em festival de Itajaí

9

Atletas trouxeram resultados positivos no primeiro evento presencial depois do início da pandemia 

Içara

Seis ouros, três pratas e um bronze foi o resultado da equipe de balé da Fundação Municipal de Cultura de Içara, no Connection Dance Festival. O evento aconteceu no último fim de semana no Teatro Municipal de Itajaí.

Nas modalidades bailarinos solos, duos e trios, os 15 dançarinos, com idades de 10 a 18 anos, representaram Içara no evento.

O professor Lucas Fernandes não conseguia disfarçar a felicidade em participar do evento. “Fica o agradecimento aos bailarinos pela dedicação, os pais pelo apoio e a prefeitura por todo o suporte. Sem requisitos assim não estaríamos colhendo esses frutos. São resultados que nos mostram que estamos no caminho certo. Continuamos motivados a continuar evoluindo. Este foi nosso primeiro festival de dança depois do início da pandemia”, disse o professor.

Ao todo, 12 trabalhos foram apresentados nas modalidades jazz e ballet clássico. “Como gestora fico feliz em conseguirmos resultados como este. Tudo isso demonstra a dedicação da equipe da fundação pelo trabalho da arte. Que possamos continuar trabalhando e representando nossa cidade em eventos culturais pelo estado e pelo país”, pontuou a gestora da Fundação Municipal de Cultura de Içara, Milena Cechinel.

Premiações 

  • 1° lugar solo neoclássico júnior (Isabele Nascimento)
  • 1° lugar solo jazz júnior (Vitoria Pacheco)
  • 1° lugar trio jazz júnior (Hevelyn, Melissa e Ana Laura)
  • 1° lugar solo jazz avançado (Analisse Feltrin)
  • 1° lugar duo neoclássico (Analisse e João)
  • 1° lugar duo jazz avançado (Bárbara e Ingrid)
  • 2° lugar solo neoclássico avançado (Analisse Feltrin)
  • 2° lugar duo neoclássico (Vitória e João)
  • 2° lugar solo avançado jazz (Hellem Militão)
  • 3° lugar solo neoclássico (Vitória Pellegrin) 

Indicações especiais: 

  • Melhor bailarina: (Vitória Pacheco e Analisse Feltrin)
  • Melhor coreógrafo: (Lucas Fernandes)
  • Melhor coreografia do evento:  (Grão de Mar do coreógrafo Lucas Fernandes)