Empresas selecionadas no Inova Criciúma iniciam incubação

15

Será um período de 12 meses, com toda a expertise da universidade à disposição

Ontem ocorreu o primeiro encontro das empresas incubadas na Unesc por meio do Inova Criciúma, programa de incentivo ao empreendedorismo e fomento à inovação. Representantes das iniciativas KLS, Idebando, Dotfile, Marcos&Willian e Regenere estiveram na Universidade e conheceram os primeiros passos do projeto previsto para 12 meses.

Segundo o assessor de Inovação da Unesc, Paulo Priante, a experiência contemplará as mais diversas áreas do conhecimento e os incubados terão contato com profissionais que são referência. “Será uma construção coletiva, com um grande engajamento e o melhor que a Universidade tem a oferecer”, destaca.

A professora Cristiane Dias está à frente de diversas iniciativas voltadas à inovação e ao empreendedorismo na Universidade, como o NE (Núcleo de Empreendedorismo). Para ela, o Inova tem grande potencial e já se mostra uma aposta assertiva. “No dia de hoje concretiza-se um planejamento de muito tempo. A iniciativa, que já se coloca como inovadora, será levada para o encontro estadual do Proesde (Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional) como um exemplo de fomento à inovação”, destaca.

O Inova proporciona recursos financeiros, capacitações e suporte para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso. Até março, os empreendedores trabalharão no campus da Instituição. Após estas datas as empresas serão direcionadas ao Iparque (Parque Científico e Tecnológico), onde desenvolvem suas ações até dezembro de 2020.

Durante este processo, eles contarão com o apoio da equipe de Inovação da Universidade. A caminhada nestes 12 meses, segundo Cristiane, será construída de acordo com a necessidade e perfil de cada incubada. Toda a expertise dos mais de 40 cursos da Instituição, Programas de Pós-Graduação e laboratórios de pesquisa estarão à disposição dos participantes.

O propósito do projeto é que sejam realizadas a implantação e expansão das empresas selecionadas, visando o desenvolvimento científico, tecnológico e inovador do município.