Max Rola representa o PL na Câmara

173

Vereador eleito é uma das novidades do pleito e chega no Legislativo com a convicção de honrar cada voto que recebeu

Içara

O comerciante Max Luiz, o Max Rola, foi eleito vereador pelo PL com 529 votos. Ele foi uma das novidades do pleito, assim como também o PL ter feito uma cadeira no Legislativo. Max Rola foi para o partido a convite do grupo liderado pelo vereador Antônio de Melo, que não ficou no PL e voltou a apoiar o candidato do MDB. Mesmo sendo convidado a seguir o caminho do vereador Antônio de Melo, Max definiu que permaneceria no PL e apoiaria a candidatura de Dalvânia Cardoso.

Ele sempre gostou de política e teve sua família envolvida por diversas vezes nos pleitos, mas foi o primeiro da família a conseguir uma vitória política e uma cadeira na Câmara de Vereadores. Segundo ele, assim como o PL conseguiu fazer um vereador, também foi decisivo na eleição da prefeita Dalvânia Cardoso.

Max também acredita que a prefeita Dalvânia Cardoso terá uma administração exitosa para a população içarense, principalmente na área de saúde, onde a prefeita já garantiu que irá colocar um médico pediatra como plantonista a partir do dia 10 de janeiro no Hospital São Donato. O vereador eleito ainda defenderá mais investimentos para a área agrícola e a criação de mais postos de trabalho.

Jornal Gazeta – Como surgiu o gosto pela política?

Max Luiz (Max Rola) – Surgiu pela militância política do meu pai e também pelo gosto de sempre ajudar as pessoas. Isso vem da família, em ajudar o próximo, ser amigo e estar próximo da comunidade.

Gazeta – Porque se filiou ao PL e há quantos tempo?

Max Rola – Filiei-me ao PL em um momento do processo político em que um grupo que vinha do MDB estava sem partido. Com o retorno dessas pessoas à candidatura do MDB, mantive minha palavra em ser oposição e junto com Pedro Paulo (presidente do PL de Içara), Adilton Tramontin (ex-presidente do MDB), Giovanni Fellipe (coordenador político do PL na Amrec) e Márcio Búrigo (ex-prefeito de Criciúma). Mantive minha palavra em ser oposição e estar ao lado da Dalvânia.

Gazeta – Quem fez o convite para ser candidato a vereador?

Max Rola – Não foi um convite específico, mais sim um desejo de amigos e familiares. Muitos familiares meus tentaram ser vereador em Içara e eu fui o primeiro a ser eleito. Isso é uma honra para mim.

Gazeta – Quais as dificuldades encontradas na campanha, além da pandemia da Covid-19?

Max Rola – Foi grande a dificuldade, pois os contatos com as pessoas foram mais restritos. Não podíamos fazer reuniões de grande porte e também fiz muito casa a casa.

Gazeta – Foi uma surpresa conseguir ser eleito?

Max Rola – Estava confiante com a vitória. Foi uma campanha organizada e com planejamento. Sabíamos que o PL elegeria um vereador na faixa de 500 a 700 votos e não erramos no cálculo e meus amigos e minha coordenação de campanha foram fundamentais nessa vitória.

Gazeta – Quais suas principais bandeiras para a sua legislatura?

Max Rola – Serei defensor na área agrícola, geração de emprego e oportunidade para os jovens, essas serão minhas bandeiras.

Gazeta – Alguma defesa especial para o bairro onde você mora?

Max Rola – Lógico que tenho um carinho especial para o bairro Aurora e São José, mais quero ser um vereador de todas as comunidades, defender realmente a população içarense em um todo.

Gazeta – Como avaliou a vitória da prefeita Dalvânia Cardoso?

Max Rola – Dalvânia trabalhou muito para ser prefeita. Ela ganhou da velha política. Os dois outros candidatos representavam isso, um apoiado pelo ex-prefeito do MDB e outro apoiado pelo atual prefeito. Todos sabem quem o atual prefeito apoiou e não vou entrar nesse mérito. Dalvânia ganhou da velha política e estarei com ela neste processo.

Gazeta – Qual a expectativa para o mandato da prefeita?

Max Rola – Acredito que será um governo realizador e transparente. Dalvânia tem essas características. Vai pôr o pediatra em janeiro no Hospital São Donato, vai conseguir uma usina de asfalto, vai realizar muitas coisas. Vamos trabalhar com dinheiro de Içara e não com empréstimos como no atual governo.

Gazeta – Na sua opinião, qual a contribuição do PL para a vitória de Dalvânia Cardoso?

Max Rola – O PL nasceu para estar com a Dalvânia e foi o único partido pequeno que elegeu um vereador e será o partido mais leal da coligação ao governo. O partido tem como líder regional Márcio Búrigo, que será nosso nome para disputa a deputado estadual e o PL foi decido na coligação, pois as forças ocultas tentaram de tudo para levar o partido junto com o adversário e nossos líderes municipais e regionais, seguraram a sigla e mantiveram uma nominata de vereadores fiéis.

Gazeta – Quem você gostaria de agradecer pelos votos que os elegeram?

Max Rola – Quero agradecer minha família, meus amigos, minha coordenação de campanha, todos nossos eleitores. Agradecer de coração, pois realmente quero ser um agente público realizador, buscando recursos e sendo um fiscalizador.