Atualização foi divulgada na quarta-feira e deixou mais quatro regiões do estado em alerta vermelho

Içara, Criciúma e região

Foi divulgada na noite de quarta-feira (15) pelo Governo do Estado a reclassificação de risco potencial da Covid-19 nas regiões de Santa Catarina. Na nova atualização, a região carbonífera entrou para o alerta vermelho, considerado gravíssimo, junto com mais três regiões do Estado. Na semana passada, apenas três eram consideradas de risco gravíssimo na contaminação. Agora, praticamente toda a região do litoral catarinense está pintada de vermelho.

São quatro os níveis e cores que definem a classificação de risco: moderado (azul), alto (amarelo), grave (laranja) e gravíssimo (vermelho). Sete regiões do Estado estão em nível grave e apenas duas em risco alto. A região carbonífera soma mais de 900 pessoas em tratamento e pelo menos 33 óbitos.

A atualização do mapa de risco foi apresentada aos gestores dos municípios ainda na terça-feira, de modo a pensarem antecipadamente em uma nova tomada de medidas para o combate ao coronavírus. Segundo a secretária de saúde de Içara, Jaqueline Santos, a cidade agora aguarda uma nova reunião com os representantes dos demais municípios da AMREC para estabelecerem as mudanças regionais sobre as restrições.