Artista promove hoje aula aberta no “Museu de Cresciuma”

9

Atividade é aberta ao público e também será realizada nos dias 20 e 27 de março

Criciúma

A Galeria de Arte do Centro Cultural Jorge Zanatta, na Fundação Cultural de Criciúma, será transformada no “Museu de Arte de Cresciuma”. O projeto da artista criciumense Daniele Zacarão tem como objetivo apresentar um arquivo de livros, imagens, textos e projetos de exposições que aconteceram na cidade de Criciúma nos últimos anos, através de uma aula aberta ao público. Durante o período da mostra o participante também pode fazer doações de matérias que venham complementar a coleção, que tem como um dos seus objetivos tornar-se uma fonte de pesquisa para outros artistas e pesquisadores da cultura criciumense.

As atividades no museu começaram no dia 27 de fevereiro, com um bate-papo com o público. Além da exposição, o espaço irá receber três aulas da disciplina de Museologia em Arte e Expografia, do Curso de Artes Visuais – Bacharelado da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), nos dias 13 e 20 de março. “A aula aberta oportuniza a participação da comunidade, além de colaborar com reflexões sobre os processos artísticos contemporâneos e as instituições de arte”, disse a artista Daniele Zacarão.

O Museu de Arte de Cresciuma, segundo a artista, “pode ser compreendido como um museu ficcional, um espaço temporário e transitório, inventado pelo desejo de preservar e difundir a história da arte e cultura local. Seguindo essa ideia, faz-se a adoção do nome originário da cidade: Cresciuma – de origem indígena – que significa “vara lisa e delicada, uma taquara pequena”, referência ao capim de mesmo nome, abundante na região durante o período de colonização.

Cronograma:

  • 13/03, das 19h30 às 21h30 – Aula aberta: Museu como prática artística, ministrante Daniele Zacarão.
  • 20/03, das 19h30 às 21h30 – Aula aberta: Museu como livro, ministrantes Bianca Ricken e Daniele Zacarão
  • 27/03, das 19h30 às 21h30 – Aula aberta: Museu como escola, ministrantes Daniele Zacarão e Marina Ré