Startups terão quatro semanas de aprendizado

15

Evento foi iniciado ontem com a participação de 14 empresas da região Sul

Ideias que vão desde o aprimoramento de uma empresa de comercialização de convites até a softwares voltados ao auxílio de pessoas que sofram com sonambulismo, passando por projetos que envolvem as áreas da saúde e da construção, fazem parte do Programa Galápagos, iniciado ontem na Unesc. A ação reúne 14 startups da região para quatro semanas de aprimoramento de negócios por meio da parceria entre a Darwin Startup, o Startup SC e o Sebrae com patrocínio e suporte da Unesc e apoio da Prefeitura de Criciúma.

O Programa reúne na universidade, ao longo destas quatro semanas de encontros, grandes mentores em aceleradoras de negócios. No primeiro dia de atividades, quem comandou as dinâmicas e discussões foi o profissional da Darwin Startup, João Paulo Marinelli. Sob as orientações e provocações dele, os participantes puderam iniciar uma imersão no que diz respeito as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de cada negócio.

Conforme o gerente de Inovação e Empreendedorismo da Unesc, Paulo Priante, o empenho da Universidade para a realização do evento pode oportunizar um grande salto para as startups participantes. “Para além disso, ações desse tipo fortalecem o ecossistema de inovação como um todo. Desta forma toda a região sai ganhando”, comenta.

A Darwin Startup, de acordo com Paulo, traz ainda mais peso ao evento que já reúne mentores de grande nível, já que a empresa foi eleita por duas vezes consecutivas como a melhor aceleradora de empresas do país