Polícia Militar lança concurso para mil novos soldados

21

Com o aumento no efetivo estadual, expectativa é que região receba cerca de 100 novos PMs

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) publicou o edital de concurso público para ingresso de novos soldados. As inscrições estão abertas até o próximo dia 22 de julho.

O concurso oferece mil vagas para soldados no Quadro de Praças da Polícia Militar (QPPM). Há 800 vagas para candidato do sexo masculino e 200 vagas para feminino.

Os candidatos devem ter idade a partir de 18 e menos de 30 anos; estatura mínima de 1,60m para mulher e 1,65m para homens. É preciso ter nível superior em qualquer área do conhecimento, além dos demais requisitos previstos no edital.

A primeira (inscrições) e segunda fase (prova escrita) serão realizadas pelo Instituto Carlos Augusto Bittencourt – INCAB e sob coordenação da Comissão Geral de Concursos Públicos da PMSC. A empresa/banca foi contratada por meio de processo licitatório. As inscrições e o edital já estão disponíveis na página oficial da PMSC (www.pmsc.gov.br) ou no site www.incab.org.br.

A aprovação e classificação no concurso, dentro das vagas disponibilizadas, habilitará o candidato ao processo de inclusão na PMSC e matrícula no Curso de Formação de Soldados (CFSd), com duração aproximadamente oito meses. Durante o período de curso, a remuneração mensal poderá alcançar o valor bruto de R$ 4.106,20. Após formado, o soldado PM de 2ª Classe terá remuneração mensal de até R$ 4.845,82 e oportunidade de seguir na carreira de praça da corporação, podendo por seus méritos, conforme tempo de serviço e cursos internos, galgar até a graduação de subtenente.

Aumento no efetivo da região

Com o concurso público, o comandante da 6ª Região da Polícia Militar, coronel Cosme Manique Barreto, projeta que até 10% do novo efetivo será direcionado para a região.

“Nossa regional tem 640 mil habitantes, das doze regiões da PM somos a sexta em tamanho, tecnicamente somos a terceira região em número de ocorrências e averiguações. Neste ano, até ontem, atendemos 25 mil ocorrências”, calcula o comandante.

O efetivo atual para a regional, que engloba Amrec e Amesc, é de 777 policiais militares. “Temos um percentual de um policial para cada 730 habitantes. Temos alguns locais que, em virtude da ida de policiais para a reserva, estão com carências. E até os municípios maiores precisam. Em Criciúma temos cerca de 230 PMs, em Içara são 81, em Araranguá temos 84”, explica.