Criciúma joga pela primeira vitória

8

Tigre encara o Atlético-GO, fora de casa, pensando apenas nos três pontos

A primeira vitória na Série B. É com esse objetivo que o Criciúma entra em campo hoje, às 19h15h, contra o Atlético-GO. O jogo será disputado no estádio Antônio Accioly, na capital goiana.

Depois de uma derrota, dois empates e apenas um gol marcado, o Tigre quer surpreender o Dragão. Tanto que o técnico Gilson Kleina não tem poupado no mistério. Além de fechar o último treino realizado em Criciúma, o clube também não divulgou a lista de atletas que viajaram para Goiânia.

Uma certeza, em relação aos últimos jogos, é a ausência do lateral-direito Maicon, que foi poupado devido ao desgaste sofrido no 0 a 0 do último sábado, contra o América (MG). No lugar do camisa 13, quem pode ganhar a primeira chance é Marcos Vinícius, recuperado de lesão. Carlos Eduardo também tem chance.

Mesmo com o mistério, Kleina deve manter a base que empatou com o América-MG: Paulo Gianezini; Marcos Vinícius (Carlos Eduardo), Léo Santos, Sandro e Caíque (Marlon); Adilson Goiano, Eduardo, Wesley e Daniel Costa; Lúcio Flávio e Vinícius.

Falta a bola na rede

Para voltar para casa com a primeira vitória na bagagem, o Criciúma precisará de uma coisa que não tem feito: gols. Para o atacante Vinícius, assim que o time achar o caminho das redes, as coisas mudarão para melhor.

“No futebol, dizem que o mais simples é complicado. Assim que entrar a primeira, naturalmente vai entrando as outras. Temos que estar com pensamento tranquilo. O trabalho está sendo feito. Tivemos um primeiro jogo ruim. Corrigimos muitas coisas e jogamos melhor contra a Ponte e no último jogo. Creio que com essa melhoria jogo a jogo, precisamos ter a tranquilidade para sair o gol e as coisas vão sair naturalmente”, afirma.

Mesmo jogando fora de casa, o atacante garante que o Tigre está pronto para o primeiro triunfo. “É o que a gente busca, a vitória. O ambiente já está bom, e com a vitória vai ficar melhor ainda. Começa a ter uma projeção na tabela, começa a ter mais tranquilidade para trabalhar e assim o time fica mais solto. Passa um pouco aquela ansiedade. Tem que estar preparado tanto dentro quanto fora, porque a vitória pode vir fora de casa. Jogando no Criciúma, pensando em coisas grandes, tem que pensar na vitória sempre”, completou Vinícius.