Após derrotar o Athletico, Flamengo se reapresenta de olho no São Paulo

10

Elenco rubro-negro trabalhou ontem no CT do Ninho do Urubu, poucas horas depois de derrotar o Furacão, em Curitiba, pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Rio de Janeiro

Depois de uma minitemporada no Sul do Brasil – onde empatou em 2 a 2 com o Internacional, pelo Brasileirão, e venceu o Athletico por 1 a 0, na Copa do Brasil -, o Flamengo está de volta ao Rio de Janeiro e, já na tarde de ontem (29), treinou no Ninho do Urubu. Os titulares fizeram um trabalho regenerativo, enquanto os demais foram ao gramado em atividade comandada por Domènec Torrent.

Agora, o Rubro-Negro volta as atenções para o duelo com o São Paulo, domingo, no encerramento do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O Flamengo, com 35 pontos, é o vice-líder, enquanto o Tricolor é o quinto, com 27. Contudo, o time de Fernando Diniz disputou apenas 15 rodadas, por ora.

O jogo vale a liderança da competição para o Flamengo. Caso vença o São Paulo e conte com um tropeço do Internacional, o time carioca poderá terminar o turno na primeira posição. Além do Campeonato Brasileiro da Série A, o Flamengo também disputa a Taça Libertadores da América. Para evitar o desgaste de alguns atletas, o técnico flamenguista tem feito um rodízio de jogadores e inclusive tem contato com alguns atletas da categoria de base. Após enfrentar o São Paulo no domingo, o Flamengo fará o jogo da volta da Copa do Brasil, jogando com o Athletico-PR no meio de semana.

Internacional

Já o Internacional, que briga com o Flamengo pela liderança da Série A, fará uma logística diferente. A equipe gaúcha fez o jogo de ida diante do Atlético/GO, quando venceu por 2 a 1, em Goiânia. No fim de semana, o Internacional jogará em São Paulo diante do Corinthians buscando uma vitória e tentando manter a liderança, à frente do Flamengo e do Atlético-MG.

Coritiba

Na zona de rebaixamento, o Coritiba ainda não conseguiu a contratação de um técnico para a sequência do Campeonato Brasileiro. Anunciado na última segunda-feira como auxiliar da comissão técnica permanente, Pachequinho é quem deve comandar o Coritiba no próximo sábado, contra o Atlético-GO, no Couto Pereira, pela última rodada do primeiro turno no Brasileirão.

Isso porque a diretoria coxa-branca vem tendo muitas dificuldades para fechar com o substituto de Jorginho, que foi demitido no último domingo depois de uma sequência de resultados ruins. Ele comandou o clube em apenas 13 partidas.