Doze focos de dengue são localizados em Içara

17

Agentes estão passando nas casas para fazer orientações à população

Içara

Mesmo no atual momento de pandemia por conta da Covid-19, os agentes da dengue seguem atentos a possíveis focos em Içara. No município, já são doze focos contabilizados pela Vigilância Epidemiológica. O alto número de focos reforça a necessidade de orientação da população.

Já foram registrados focos nos bairros Barracão, Cristo Rei, Demboski, Jussara e Liri. “Pedimos para que as pessoas continuem vistoriando seus imóveis para que eliminem qualquer foco, cuidando sempre da saúde”, destacou a secretária de Saúde, Jaqueline dos Santos.

Na identificação de um foco de dengue, os agentes analisam imóveis e terrenos que fiquem em um raio de 300 metros do local e após dois meses, retornam para verificar como está a situação na localidade.

O trabalho dos agentes consiste tradicionalmente em inspecionar as residências, mas devido ao coronavírus, houve uma modificação. “Conversamos com os moradores para que vistoriem a área de sua casa para que sejam eliminados todos os focos de água parada”, disse a agente de endemias Sílvia Arrubes.

Para identificação, os trabalhadores da área da saúde estarão devidamente uniformizados com camisa com logos do Sistema Único de Saúde e do Município de Içara.

Orientações pra acabar com focos da dengue:

  • Mantenha a caixa d’água fechada.
  • Mantenha tampados tonéis e barris d’água.
  • Lave semanalmente com escova e sabão os tanques utilizados para armazenar água.
  • Encha de areia até a borda os pratos das tampas.
  • Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água.
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.
  • Mantenha as calhas de casas limpas.
  • Não deixe água acumulada sobre laje.