Cidadão içarense não baixa aplicativo que ajuda meio ambiente

11

O App Rever ajuda a fiscalizar o setor ambiental por meio denúncias, e também informa dias de coleta e doação de materiais

Um projeto que envolve dois setores da administração municipal, a Fundação do Meio Ambiente de Içara (Fundai) e a Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda, está sendo pouco procurado pelo cidadão içarense. Chamado de Rever e implantado em setembro de 2019 pela Prefeitura de Içara, este projeto se compõem de um aplicativo, disponível no App Store e Play Store, que tem como principais funções a fiscalização no setor ambiental, via denúncias, além de conter informações de coleta de livro (recicláveis ou não) e doação de materiais de construção já não mais servível para quem os comprou.

Houve até agora apenas 600 downloads na cidade, conforme informou o sócio fundador da Appso Tecnologia, Fabricio Cardoso de Jesus, que desenvolveu o aplicativo.

Segunda a diretora da Fundai, Taynan Toretti, a ideia é expandir os serviços do aplicativo e atribuir mais funcionalidades para a população. “O aplicativo é muito fácil de usar”, garante. “Com ele é possível colocar foto da situação e a localização onde o cidadão observou alguma irregularidade ambiental e acompanhar o andamento de sua denúncia durante todo o processo”, explica Taynan.

Taynan acredita que o cidadão içarense ainda não tomou conhecimento do aplicativo, por isso a baixa quantidade de download. “O Rever também notifica as datas de coleta seletiva na região para seus usuários e está disponível para o esclarecimento de quaisquer dúvidas que os cidadãos possam ter sobre o assunto. É muito útil”, reforça a diretora.

“Existe procura, principalmente por parte da função de denúncia, mas por ser algo muito novo, a população não tem buscado tanto”, avalia. Desde o ano passado, a Fundai tem recebido em média duas denúncias por semana através do App.

Doação de material de construção

A ferramenta também possui a função de doação de materiais de construção com apoio da Secretaria de Assistência Social. Com ele, os cidadãos podem se cadastrar e informar com fotos e endereço o material não utilizado que deseja doar. Depois de analisado, a secretaria faz a coleta no local indicado.