Rebaixamento é causado por erros na temporada

31

Equipe teve cinco treinadores em 2019, com somente Wilson registrando melhor aproveitamento

O aproveitamento de 42,4% do Criciúma no Campeonato Brasileiro da Série B mostra que a equipe não apresentou um nível técnico aceitável para conseguir fazer melhor campanha na competição. Dos 37 jogos disputados até o momento, o time venceu sete vezes, empatando 15 e perdendo as outras 15 partidas. Nesta temporada já passaram no comando técnico cinco treinadores.

Cavalo chegou ao Criciúma em setembro com a missão de livrar a equipe do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro. Na sua estreia empolgou a torcida com vitória de 2 a 0 contra o Botafogo, e com discurso de que conseguiria cumprir a missão. Após 13 jogos, a situação é bem diferente do discurso pregado no começo. Sob o comando de Roberto Cavalo, o Criciúma conseguiu duas vitórias, sete empates e quatro derrotas com um aproveitamento de 33%.

O técnico Doriva, que iniciou a temporada no clube, também comandou a equipe em 13 jogos e os números são melhores que do atual técnico: foram quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas, com aproveitamento de 42%. Gilson Kleina esteve em 14 jogos com apenas três vitórias, quatro empates e sete derrotas. Aproveitamento de 30%. O que teve o pior desempenho foi Waguinho Dias, que em cinco jogos não conquistou nenhuma vitória, com duas derrotas e três empates e um aproveitamento de 13%. Wilsão, que ficou como interino em sete jogos, é o que tem melhor aproveitamento com 52%.

Uma das explicações de Roberto Cavalo na entrevista coletiva após o empate com o Paraná, na terça-feira, foi de que já pegou o time de forma errada. “Temos mais um jogo para fazer, contra o Oeste, em Barueri. Quando começa errado dificilmente termina certo. A qualidade faz diferença. Tem que analisar o plantel, a maneira que foi montado. O Criciúma é muito grande e não dá para aceitar que esteja brigando na zona de rebaixamento. É um momento difícil, a torcida não deixou de ajudar. Criciúma é grande e não vai perder seu prestígio e sua camisa”, disse o treinador.

O presidente do Criciúma não quis confirmar se o técnico Roberto Cavalo permanece para 2020 ou se vai haver mudanças. Segundo Dal Farra, esta decisão será após a realização da última rodada, quando falará em entrevista coletiva sobre a temporada e o futuro do clube. O próximo compromisso do Criciúma está marcado para sábado, dia 30, contra o Oeste em Barueri.