Risco de geada no amanhecer de sexta e sábado

190

Mínima pode chegar a 0ºC no fim de semana, em razão de massa de ar polar

Uma massa de ar polar pode resultar em frio de geada no amanhecer de amanhã e também do sábado. A partir de hoje, as temperaturas já começam a diminuir. Nesta quinta, a mínima é de 4ºC, seguida por 2ºC na sexta, 0ºC no sábado e 3ºC domingo. A informação foi confirmada pelo meteorologista Márcio Sônego.

Em Içara, a preocupação com a geada se dá com relação às lavouras. “Os agricultores da lavoura de fumo podem sofrer com a geada. A gente não está orientando a não plantar milho agora. O Ministério da Cultura orienta a plantar a partir de agosto”, explica o engenheiro agrônomo da Epagri/Içara, Luiz Fernando Búrigo Coan.

Segundo ele, em Urubici, a previsão é de que a temperatura chegue a -10 graus. “Essa onda de frio é uma onda curta. Semana que vem a gente já se recupera com temperatura amena. Haverá outra onda de frio prevista para o fim do mês. Além disso, será um mês mais chuvoso”, afirma.

Existe a preocupação também com as hortaliças. Conforme o engenheiro agrônomo, quem conta com plantação de hortaliças a céu aberto precisa se preparar para uma possível geada. “Porém, hortaliças em geral são mais adaptadas ao frio do que ao calor. Então algumas hortaliças até aceitam uma geada fraca sem muitos danos. Elas sofrem mais é com o calor”, diz.

Segundo ele, a informação até o momento é que o frio não seja tão intenso. “Estamos um pouco tranquilos. Porque 4 graus para içara não é uma situação muito dramática”, pontua.

Danos irreparáveis

Segundo o presidente do Sindicato dos Agricultores de Içara, Jair di Stefani, caso a temperatura chegue a 0°C, o fumo plantado pode sofrer danos irreparáveis. “O fumo grande morre, já o fumo pequeno é mais forte e como é pequeno ele não morre, mas sente um pouco o frio intenso”, explica.

Além disso, as plantações de batata inglesa e tomate também poderão ser diretamente afetadas pela baixa na temperatura. “Algumas hortaliças também sofrem. Mas como são áreas menores de plantio, é mais fácil de proteger”, explica.

Porém, conforme Jair, as grandes lavouras de banana não são possíveis de proteger totalmente. “Mesmo colocando a sacola nos cachos, protege apenas a fruta, mas a planta acaba sofrendo do mesmo jeito”, conta.

Ele afirma que a maior partes das mudas plantadas em Içara ainda estão nos canteiros. “Então dá para fazer a proteção. Mas tem quem já plantou semana passada. Na lavoura, quando ele está pequeno ainda há possibilidade de se recuperar. Mas o fumo morre quando o já está com mais de 15 folhas e pega uma geada”, ressalta Jair.

Ele ainda lembra que o excesso de chuva também acaba estragando a plantação. “Nós viemos de uma chuvarada. A planta quando falta de sol (luminosidade) e há o excesso de chuva, ela sofre e fica mais vulnerável a doenças. Então se a geada chegar, irá atrapalhar muito o desenvolvimento das plantas”, conclui Jair.