Nem Black Friday e nem a proximidade do Natal aquecem o comércio

16

Era Lula está matando o varejo no país, conforme apontam os dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) ontem (27)

Da Redação

Nem a Black Friday e nem a proximidade do Natal foram suficientes para aquecer o comércio. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) sofreu uma queda de 1,9% em novembro. Os dados foram divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) na tarde de ontem e mostram que o governo Lula está acabando com o varejo do país.

Os resultados são tão gritantes que o ex-presidente Jair Bolsonaro fez uma publicação nas suas redes sociais mostrando a diferença entre os dois governos, o dele e o atual, em apenas um ano de distância (veja imagem).

Pelos dados da CNC, o Icec atingiu 110,3 pontos e ainda ficou dentro da zona de satisfação (acima de 100 pontos). “Embora as expectativas de faturamento do setor tenham aumentado por conta da Black Friday e do Natal, todos os indicadores do Icec apresentaram queda, com destaque para a avaliação das condições atuais (-5,4%), que mede a percepção quanto à economia, ao setor e à própria empresa”, informou a CNC em nota.

De acordo com a CNC, o setor varejista enfrenta perspectivas desafiadoras nos próximos seis meses por causa das incertezas macroeconômicas no Brasil.