Balneário Rincão terá unidade de saúde aberta aos domingos

14

Unidade Central já abre aos sábados das 8h às 17 horas e em horário estendido até as 21 horas nos dias de semana

Balneário Rincão

A partir deste domingo (4), a unidade central de saúde de Balneário Rincão começará a ficar aberta para atendimento da população das 8h às 17 horas. Além de uma equipe de plantão, também uma ambulância ficará em frente da unidade para atendimento dos casos de urgências, caso venham ser registrados. No decorrer da semana, o secretário de Saúde de Balneário Rincão, Rogério Cardoso, definiu os últimos detalhes, que foi a contratação do médico para a realização dos plantões.

O município já contava com a abertura da unidade aos sábados, das 8 às 17h, e também tem horário estendido durante semana, ficando aberta até as 21 horas para atendimentos dos trabalhadores que não conseguem se dirigir ao local no horário de expediente. “Esta sempre foi uma luta de Balneário Rincão, que estamos alcançando a partir deste domingo”, destaca Cardoso.

Para que o local estivesse apto para o atendimento aos domingos, na sexta-feira, o Centro de Triagem para o novo coronavírus, que estava montado em frente a unidade de saúde, foi removido para outra parte da secretaria e com espaço menor, já que os números de atendimento caíram nos últimos dias. Quando foi instalado, o centro de triagem chegou a atender mais de 50 pessoas, mas nos últimos dias esta média está na faixa de dez pessoas.

Ainda na sexta-feira, o local passou por uma sanitização para que os pacientes que forem atendidos no local não corram o risco de pegar o novo coronavírus. “Trabalhamos até mais tarde na sexta-feira, mas deixamos tudo organizado para que os atendimentos sejam feitos no domingo”, pontua Cardoso. Ele explicou que o local permanecerá aberto aos domingos até o mês de dezembro em caráter experimental, com a possibilidade de continuar aberto durante os próximos anos se a procura por atendimento for considerada grande.

Mutirões de exames

O secretário informou ainda que nestes próximos três meses continuarão a serem realizados os mutirões de exames, para que as filas de espera diminuam ainda mais. Algumas especialidades ainda contam com muitas pessoas a espera de exame.