Praia cheia e altas ondas na abertura do Circuito Ascas 2020

39

Uma volta em grande estilo foi a etapa de abertura do Circuito na plataforma norte

Com um total de 92 inscritos, divididos em nove categorias, o campeonato marcou a volta do tradicional Circuito Ascas (Associação Sul Catarinense de Surf), após alguns anos sem realização na região. Surfistas de várias cidades do estado disputaram pontos para o ranking local, com quatro etapas programadas até o fim do ano.

A volta dos eventos na praia do Rincão foi muito celebrada por atletas e profissionais do meio. “Resumo tudo que aconteceu nesse fim de semana com a palavra satisfação. Resgatar nosso circuito, é resgatar nossa história como entidade que trabalha em prol do surf a quase 40 anos”, declarou Ricardo Martins, presidente da Ascas.

Depois de um sábado com poucas ondas, o mar reagiu para o domingo decisivo, com as séries chegando a 1 metro com excelente formação ao lado da emblemática plataforma em “T” da praia do Rincão, formando o cenário perfeito para a decisão da etapa.

A Kahuna foi a primeira categoria ser definida. A vitória foi do surfista local Aldrin Pereira, que em 2019 ficou entre os top 16 do Circuito Brasileiro Legends sancionado pela Abrasp nas categorias Gran-Master e Kahuna.

Na sequência entrou na água a decisão do Longboard, com o título para o imbitubense Paulo Costa. A Ascas é a única associação do estado a incluir a categoria Longboard em seu circuito, e a expectativa é que nas próximas etapas, mais atletas da modalidade marquem presença.

Os títulos da Iniciantes e Infantil também foram pra Imbituba(SC), com a vitória de Lucas Costa (filho de Paulo, campeão Longboard). Entre as meninas, Fernanda Toscani foi a vencedora. Na Junior, Pedro Ferreira, surfista de Ibiraquera, fez a festa. Gabriel Galdino dominou as categorias Local e Master com excelentes performances durante o domingo e ficou com o título. A final Open foi a última a entrar na água e quem venceu, de virada, foi Guilherme Pereira, local de Balneário Arroio do Silva.

O campeão Open do circuito levará uma passagem para o Peru no final da temporada.