Distribuição de remédios disponibilizados pelo SUS segue normal

4

Pandemia não afetou os serviços das farmácias das UBS, diz a secretaria de Saúde de Criciúma

Criciúma

Os efeitos da pandemia do coronavírus trouxeram algumas limitações aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), porém o fornecimento de medicamentos nas farmácias e dispensários das Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Criciúma continuam de acordo com a normativa municipal da Assistência Farmacêutica. Medicamentos nomeados básicos ou essenciais, como analgésicos, antitérmicos, antibióticos e anti-inflamatórios podem ser adquiridos por meio de prescrição médica acompanhada do Cartão do SUS (CNS) e documento oficial com foto (RG ou carteira de motorista).

A orientação para obter o medicamento é para que o morador procure a Unidade de Saúde de sua referência, e caso o medicamento esteja indisponível, os profissionais devem orientar sobre o local onde poderá ser encontrado. Ligar para a Secretaria de Saúde no número (48) 3445-8400 para tirar dúvidas também pode ser uma opção. Além do acesso ao site oficial do município que disponibiliza pela Assistência Farmacêutica, a relação dos medicamentos oferecidos, podendo evitar aglomerações e deslocamentos desnecessários.

Conforme a coordenadora da Assistência Farmacêutica, da Prefeitura de Criciúma, Quéli Seifert, entrar no site é importante pelas especificidades de medicamentos, bem como locais de acesso. “Alguns dos medicamentos poderão ser encontrados apenas em farmácias, como é o caso dos que são sujeitos a controle especial, comumente chamados de controlados. São específicos e possuem um controle rigoroso, por isso a dispensação só ocorre com a presença de farmacêutico”, enfatizou. São exemplos as Farmácias Distritais (ESF Santa Luzia, UBS Próspera e UBS Wosocris/Rio Maina) e Farmácia Central.

“O site é simples de ser acessado, possui links contendo várias informações desde os locais de acesso até a Relação de Medicamentos Municipal (componente básico) e Estadual (componente especializado). Além disso, o site conta com um campo onde é possível esclarecer dúvidas referentes à medicamentos”, finalizou Queli.

Onde solicitar o medicamento

  • Farmácia da UBS Centro (Distrito Centro): horário de assistência do farmacêutico: 7h às 11h. Telefone: 3430-0934.
  • Farmácia da ESF Santa Luzia (Distrito Santa Luzia): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3461-9450.
  • Farmácia da UBS Próspera (Distrito Próspera): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3445-8770.
  • Farmácia da Wosocris/Rio Maina (Distrito do Rio Maina): horário de assistência do farmacêutico: 7h30 às 11h30. Telefone: 3403-3300 ou 3403-3301.
  • Farmácia da UBS do Boa Vista (Distrito Boa Vista): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3445-8765 ou 3445-8766.
  • Farmácia da ESF Quarta Linha (Distrito Boa Vista): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3437-6741 ou 3437-1325. 
  • Farmácia Central (CES/PAM): horário de assistência do farmacêutico: 7h às 17h. Telefone: 3403-7440.
  • Farmácia Estratégica do PAMDHA (Programa DST/HIV/AIDS e Toxoplasmose): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 17h. Telefone: 3445-8730.
  • Farmácia da Vigilância Epidemiológica (Hepatites, Tuberculose, Hanseníase, Influenza e Demandas Judiciais): horário de assistência do farmacêutico: 8h às 13h. Telefone: 3437-7893.
  • Farmácia Especializada do CAPs III: horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3403-3450. 
  • Farmácia Especializada do CAPs II: horário de assistência do farmacêutico: 8h às 12h. Telefone: 3445-8736.