Tigre começa preparativos para enfrentar o Ypiranga

6

Equipe criciumense está na quarta posição com nove pontos no Grupo B e precisa da vitória para se manter na zona de classificação

Criciúma

O grupo de jogadores do Criciúma se reapresentaram ontem no Centro de Treinamentos Antenor Angeloni, no bairro Cristo Redentor, para iniciar os preparativos visando o jogo do próximo domingo, em Erechin-RS, diante do Ypiranga, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O Ypiranga ocupa a terceira posição com 11 pontos e o Tigre está em quarto com nove. A partida será mais um confronto direto na briga pela classificação. O Criciúma está apenas um ponto dos clubes que vem em quinto e sexto lugares. Londrina e São José estão com oito pontos.

Passada a sexta rodada, o Criciúma está com três jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Carlos Alexandre, Vitão e Eduardo foram amarelados no confronto diante do Ituano e estão pendurados. O técnico Roberto Cavalo também não tem problemas de lesão e vai trabalhar durante a semana o esquema tático que adotará contra o Ypiranga. Vale lembrar que o Criciúma continua sem perder na competição. Foram duas vitórias e três empates.

Um dos empates foi conseguido na sexta-feira (11), quando enfrentou o Ituano. O jogo iniciou com forte marcação para as duas equipes. O Tigre teve boas tramas no ataque, mas esbarrou na defesa adversária. O time da casa armou um contra-ataque aos 17 minutos e abriu o placar com Bruno Mota. Mas cinco minutos depois, Andrew foi derrubado na área e o árbitro assinalou o pênalti. Na cobrança, Agenor deixou tudo igual.

No segundo tempo, em um lance duvidoso, o Ituano novamente ficou na frente do placar. Pacheco chutou no travessão, a bola quicou na linha, mas o árbitro validou o gol. O Tigre esteve disposto a buscar o marcador e aos 37 minutos, Léo Ceará, que havia entrado na segunda etapa, deixou tudo igual de cabeça. Aos 50 minutos, Alisson Taddei recebeu sem marcação e a arbitragem deu o impedimento.

Prazo para entrega de propostas

Hoje (15), vence o prazo dado para a entrega das propostas do grupo interessados em gerir o Criciúma Esporte Clube. Até o momento, pelo menos três grupos demonstraram interesse em comandar o Tigre. São os liderados pelo ex-presidente Moacir Fernandes, o advogado Alexandre Farias e o empresário Gilmar Cechet.

Após receber as propostas, o Conselho Deliberativo se reunirá para realizar as análises e colocar em votação. A proposta vencedora terá o comando do clube, conforme o que for acertado nos contratos. Vale lembrar, que o atual gestor, a GA entregou carta para o Conselho pedindo a retirado do processo, que ocorrerá no fim do Campeonato Brasileiro da Série C.