Novo decreto flexibiliza funcionamento dos restaurantes em Criciúma

11

Documento assinado pelo prefeito Clésio Salvaro na sexta-feira permite funcionamento em horário normal

Criciúma

Um novo decreto assinado na sexta-feira (11) pelo prefeito Clésio Salvaro, em Criciúma, autoriza os serviços de alimentação não essenciais a funcionarem em horário normal. O novo documento altera o artigo 4 do decreto nº 815/2020 que determinava locais como restaurantes, lanchonetes e bares só poderiam receber clientes até às 22 horas e funcionar até 23 horas.

No decreto anterior, a prefeitura já havia flexibilizado o horário dos estabelecimentos, permitindo a entrada de clientes até 23 horas e o funcionamento até às 24 horas. Com o novo decreto desta sexta-feira, cada serviço poderá determinar seu próprio período de trabalho.

O documento afirma ainda que a medida é válida somente caso a região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) esteja classificada pela matriz do Estado de Santa Catarina como potencial grave (cor laranja) ou inferior.

Mais um óbito

Na sexta-feira, Criciúma registrou o 82º óbito por Covid-19. Trata-se de um homem, de 81 anos, com comorbidades. Ele estava internado no Centro de Recuperação para pacientes com a Covid-19, no Rio Maina. Criciúma alcançou na sexta-feira 5.680 casos confirmados do novo coronavírus.