Boletim Epidemiológico aponta que há 56 pessoas nas UTIs em Criciúma

31

Taxa de ocupação na região está entre as mais altas do Estado, mas com pacientes de outras regiões

Criciúma e Içara

O Boletim Epidemiológico divulgado ontem do município de Criciúma apontou que 122 pessoas estavam internadas nos hospitais de Criciúma em tratamento para a recuperação da Covid-19, sendo que 56 pacientes estavam internados nas Unidades de Tratamento Intensivos (UTIs) dos hospitais do município, ficando com a taxa de ocupação próximo a 100%. Em Içara, a situação é semelhante. Dos dez leitos de UTI disponíveis para o tratamento do novo coronavírus, nove estavam ocupados.

Criciúma chegou no dia de ontem na marca de 3.600 casos confirmados do novo coronavírus, com 1.654 já recuperados e 43 óbitos, além dos 122 pacientes hospitalizados, sendo que 78 estavam nas alas clínicas. Até o momento foram realizadas 21.611 coletas de amostra para análise de COVID-19 em Criciúma.

Já Urussanga contabilizou ontem a décima morte pela Covid-19. O décimo óbito é de uma senhora que faleceu no dia 31 de julho e que estava residindo em outro município, com o município sendo comunicado ontem. Urussanga também já conta com 435 casos confirmados do novo coronavírus, sendo que 357 já estão curados e 64 em tratamento domiciliar.

Em Nova Veneza, a Vigilância Epidemiológica divulgou ontem, nove novos pacientes contaminados da covid-19. Os pacientes testaram positivo após realizar dois TR-PCR e sete TRs (Testes Rápidos). O município contabiliza 416 casos confirmados. Desse quantitativo, 337 estão curados, 75 ativos em isolamento familiar, três hospitalizados e quatro óbitos. No Centro de Triagem foram realizados 1261 exames, sendo 192 PCR e 1059 TR (Testes Rápidos).

Primeira morte

A Prefeitura de Lauro Müller, através da Secretaria de Saúde, confirmou ontem (11) a primeira morte relacionada à Covid-19 no município. A vítima estava em UTI.

Por respeito aos familiares, não foi informado o nome e idade da pessoa falecida. Assim, o poder público municipal pede a todos os moradores de Lauro Müller para que respeitem as condições de isolamento social, distância entre pessoas, uso de máscaras e álcool em gel. “Somente com a sensibilização e o respeito de toda a população o enfrentamento ao coronavírus será efetivo e novas mortes poderão ser evitadas”, destaca a nota emitida pela Comunicação do Município.