Roger Guedes treina no Tigre por causa do coronavírus na China

33

Impedido de voltar ao país por causa do Covid-19, jogador treinará no Centro de Treinamento do Criciúma

O treino do Criciúma ontem teve a presença ilustre do meia-atacante Roger Guedes. O jogador revelado pelo Tigre em 2014 não consegue voltar ao seu time na China, o Shandong Luneng, por conta da proibição de entradas e saídas de pessoas no país chinês para evitar ainda mais a proliferação do coronavírus.

Roger Guedes vai treinar no Centro de Treinamento Antenor Angeloni para não perder a forma física. Aproveitou o treino também para matar a saudade de vestir a camisa criciumense. Guedes foi a transferência mais cara da história do Tigre, que embolsou mais de R$ 12 milhões, quando ele foi vendido do Atlético-MG para a China.

Trabalho forte em dois períodos

O Criciúma treinou forte em dois períodos ontem. O Tigre se prepara para o jogo de domingo (8), às 16 horas, contra o Figueirense, no Estádio Heriberto Hülse, pelo Campeonato Catarinense.

Pela manhã os atletas foram divididos em dois grupos e fizeram trabalhos específicos. Os jogadores que atuaram por mais tempo no último fim de semana fizeram um trabalho de força na academia. O restante do elenco treinou as partes física e técnica no gramado.

Na parte da tarde o grupo iniciou com um treino de força na academia e que foi complementado com mais uma atividade física no gramado. Na reta final os atletas fizeram uma atividade técnica.