Número de casos de sarampo sobe para 178 em Santa Catarina

15

Até 8 de novembro eram contabilizados 94 casos da doença, o que representa um aumento de 89% nos casos confirmados num período de 15 dias

O número de registros de sarampo em Santa Catariana disparou em novembro, chegando a 178 casos confirmados, aponta o último boletim da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC) sobre a doença, divulgado na última sexta-feira (6). O dado leva em conta o período entre 1º de janeiro e 24 de novembro.

No boletim anterior, com dados até 8 de novembro, eram contabilizados 94 casos da doença, o que representa um aumento de 89% nos casos confirmados num período de 15 dias. O relatório da Dive/SC divulgado na sexta-feira também aponta que, além dos 178 casos confirmados, outros 120 casos suspeitos de sarampo no Estado seguem em investigação.

Ainda de acordo com a Dive/SC, entre os casos confirmados, três foram em tripulantes de navio um navio que atracou no litoral catarinense no mês de fevereiro de 2019; os outros casos estão distribuídos geograficamente em 28 municípios. A cidade com mais registros é Joinville (59), no Norte do Estado.

A Dive/SC também informou que os 178 casos da doença são considerados importados, pois têm histórico de residência, deslocamento ou provável contado com casos confirmados em outros estados do país. A faixa etária com mais casos é a de adultos jovens, entre 20 e 29 anos, com 91 dos casos (51%).

Dos 178 casos confirmados, três foram em tripulantes de navio, os demais estão distribuídos geograficamente em 28 municípios catarinenses.