Tigre faz confronto decisivo contra o São Bento

6

Partida marcada para este sábado, às 19 horas, no estádio Heriberto Hülse, é válida pela 32ª rodada da competição

Parece jargão de narrador, mas o Tigre faz neste sábado um jogo para matar ou morrer. Se vencer o São Bento, em partida marcada para às 19 horas, no estádio Heriberto Hülse, válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Criciúma praticamente rebaixa o adversário para a terceira divisão de 2020. Se perder para o São Bento, o Criciúma diminui consideravelmente as possibilidades de sobrevivência na Série B de 2020 e se ocorrer um empate podemos dizer que as duas equipes morrem abraçadas. A data não poderia ser mais propícia para a realização do jogo entre as duas equipes.

Além do confronto direto com o São Bento neste fim de semana, o Criciúma joga na outra rodada com o Operário de Ponta Grossa e depois tem outra decisão contra o Londrina, que também está correndo riscos de cair para a terceira divisão. Para ter chances de permanência na Série B, o Tigre precisa fazer no mínimo sete pontos nestes confrontos, para depois lutar para se salvar nas últimas rodadas.

A direção do clube também tem se juntado a comissão técnica na luta contra o rebaixamento. Nas últimas rodadas realizadas em casa, o departamento de marketing tem realizado campanhas com promoção de ingressos para que o torcedor compareça em bom número nos jogos.

Para o jogo deste sábado, os sócios em dia podem retirar gratuitamente dois ingressos de arquibancada na secretaria do clube até às 17 horas de sábado. Para todos os torcedores, os ingressos podem ser comprados no valor de R$ 10,00 a arquibancada também até às 17 horas na secretaria ou até o começo do jogo nas bilheterias.

Preparação

O técnico Roberto Cavalo define a equipe titular somente na manhã desta sexta-feira. Após o empate diante do Figueirense no fim de semana, o grupo se reapresentou na segunda-feira e começou os preparativos para enfrentar o São Bento. O técnico contará com o retorno de quatro titulares. O zagueiro Sandro e o atacante Andrew voltam de suspensão e o meia Eduardo e o lateral Carlos Eduardo foram liberados pelo departamento médico.

No setor defensivo, Sandro retornou no lugar de Derlan, que não poderá atuar por estar suspenso, e, na lateral direita, Carlos Eduardo retoma à vaga que estava sendo ocupada por Jean Mangabeira. Carlos Eduardo estava fora por três semanas, mas desde quarta-feira vem treinando normalmente e vai para o jogo.

No meio, com o retorno de Eduardo, o técnico poderá escalar o setor com quatro jogadores, optando por ter apenas dois atacantes. Eduardo deve jogar ao lado de Wesley, Foguinho e Daniel Costa. No treino de quarta-feira, em um dos tempos, Cavalo colocou Reis no lugar de Eduardo. Daniel Costa também corre o risco de ficar no banco, caso Reis venha a ser titular.

No ataque, a comissão técnica ganha a volta de Andrew, mas perde o artilheiro Léo Gamalho, autor dos dois gols do empate em Florianópolis. Nos treinos, Cavalo tem usado Julimar ao lado de Andrew, com Vinícius ficando no banco como opção. Também existe a possibilidade de atuar com três atacantes, utilizando Vinícius ao lado de Julimar e Andrew.