Coluna Mercado Joice Quadros – 05/07/2019

36

Prefeitos unidos pela Região

Iniciativa de formarem um consórcio para reivindicarem juntos melhorias para a região segue a máxima antiga que a união faz a força. Esta foi a decisão dos prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) reunidos esta semana em Criciúma, criando o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário. Em outras palavras, o Consórcio deverá servir para todas as finalidades que trouxerem benefícios para os municípios da Amrec, seja na área da saúde, onde já existe, e agora na área de melhorias e conservação das rodovias da região. Entende-se que esse caminho vai acabar com o peso das responsabilidades caindo sobre um município, como é o caso da saúde, em Criciúma, e do aeroporto, em Forquilhinha, e de se conservar uma estrada só pela metade, ou sem conservação nenhuma, acabando o jogo de empurra. É uma relação onde todos tem a ganhar, Estado e municípios. Assunto vai agora para análise criteriosa da área jurídica de cada município consorciado para depois ser assinado. Outra questão é a formação de uma diretoria específica para o consórcio, que deve ser muito bem estudada para não haver conflito de interesses com a própria gestão da Amrec e também estar na mesma sintonia de redução de custos.

Duratex fecha empresa

A Duratex, que em 22 de maio último anunciou a compra da Cecrisa, em Criciúma, fechou esta semana uma fábrica em São Leopoldo (RS) e demitiu 500 funcionários.  A unidade produzia louças sanitárias da marca Deca. As justificativas apresentadas pela empresa, segundo os trabalhadores informaram ao jornal ZH, foram em função de baixas vendas e redução de custo da Duratex. A produção gaúcha será redistribuída nas unidades de louças da Duratex em João Pessoa (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), Queimados (RJ) e Jundiaí (SP).

Empregos em SC

O presidente da Associação Catarinense de Tecnologia, Daniel Leipnitz, acredita que há pelo menos 700 vagas em Santa Catarina no ramo da tecnologia da informação e comunicação. Segundo a Associação, no Estado há mais de 12 mil empresas voltadas para a tecnologia, número 13,9% maior do que o registrado em 2015. As dificuldades para serem preenchidas as vagas abertas estão na falta de profissionais habilitados para empregos de ponta. Faltam programadores, desenvolvedores e cientistas de dados, entre outros. Dados de 2015 revelam que o setor de tecnologia representa 5,6% do PIB catarinense.

EXPRESSAS

  • JORNALISTA Susana Naspolini lança em Criciúma sua obra “Eu escolho ser feliz”, depois de decidir, na sua vivência pessoal, o caminho a seguir. Será dia 11 de julho, à 19 horas, na Livraria Catarinense, Nações Shopping.
  • NÃO li ainda, mas pela história que conheço de Susana, é uma obra imperdível. “É difícil, mas a gente consegue”, afirma.
  • ACIC de Criciúma vai lançar uma campanha de outdoors em favor das Reformas que estão em análise no Congresso Nacional.
  • ANDANDO junto com a Previdenciária, já está na mesa a discussão em torno da Reforma Tributária.
  • PREFEITO de Tubarão e presidente da Federação Catarinense de Municiípios, Joares Ponticelli não está gostando de ver a Reforma da Previdência deixar de fora estados e municípios. Vai ser outra novela.
  • GOVERNO gaúcho conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa a venda das estatais CEEE (energia), Sulgás e CRM (mineração). A Companhia Riograndense de Mineração (CRM) é a maior estatal do ramo, no país.
  • JUSTIFICATIVA do governo gaúcho para a venda das estatais é sanar dívidas e reorganizar as finanças do Estado.
  • FEDERAÇÕES empresariais atentas para as mudanças que vem por aí com o acordo Mercosul – União Europeia, assinado agora, depois de 20 anos de discussões.

“Precisamos manter a competitividade”. Andress Pesserl, alertando os integrantes da nova diretoria do Sinquisul sobre a importância das empresas estimularem a exportação, até pelo atual momento da economia mundial com a abertura do mercado europeu.

Joice Quadros – Bacharel em Jornalismo (UFRGS). Pós-graduada em Educação e Gestão Ambiental. Especialista em Endomarketing e Comunicação Empresarial. Pesquisadora. Autora de livros de pesquisa histórica e biografias. Cadeira 28 da Academia Criciumense de Letras.