Feriado violento nas estradas

5

Número de acidentes aumentou e vítimas fatais foi maior que o dobro em relação ao ano passado

O balanço da Operação Corpus Christi, realizada entre a quarta-feira e o domingo, foi negativo. Durante os cinco dias, foram registrados 116 acidentes, nos quais 129 pessoas ficaram feridas e sete morreram. Estes números representam um aumento em comparação ao mesmo feriado de 2018.

O número de acidentes teve um aumento de 51% em relação ao ano passado (quando ocorreram 77). O número de feridos aumentou 70% (no ano passado foram 76 ocorrências). Mas os números mais alarmantes foram quanto às vítimas fatais: um aumento de 133%, pulando de três para sete mortes.

O principal motivo para o aumento acentuado de ocorrências se deve à greve nacional dos caminhoneiros de 2018. O baixo movimento de veículos, em função da falta de combustíveis registrada na época, foi decisiva para a redução expressiva da violência no trânsito no feriado de Corpus Christi do ano passado.

Dentre os sete acidentes com mortos registrados em 2019, três aconteceram na BR-101, três na BR-282 e um na BR-470.

Durante a Operação, a PRF lavrou 2.234 autos de infração, sendo que 112 deles foram para motoristas dirigindo sob efeito de álcool e 286 para motoristas flagrados ultrapassando em local proibido.