Jean Willian assume Secretaria de Saúde

342

Novo secretário tem metas a serem atingidas durante o tempo em que ficar à frente da pasta

O fisioterapeuta Jean Willian do Nascimento assumiu a Secretaria de Saúde de Balneário Rincão na segunda quinzena de maio. Ele tem como meta dar atenção especial aos idosos, já que somam 34% da população rinconense, e tentar zerar a fila de espera nas diversas especialidades. Ele foi nomeado oficialmente no dia 20 de maio.

Jean é formado em Fisioterapia pela Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina, já trabalhou por dois anos na rede municipal de Saúde de Criciúma, na Policlínica do Rio Maina, também já exerceu cargo por nove anos na Clínica Nossa Senhora dos Navegantes e há cinco anos trabalha na Saúde de Balneário Rincão

Segundo o secretário, as metas são a melhoria do atendimento aos idosos de Balneário Rincão, que atinge a 1/3 da população do município, com uma equipe exclusiva e com programas específicos com a contratação de um médico geriatra e a compra de um equipamento a laser para o tratamento de feridas dos pacientes acamados.

Na avaliação do novo secretário, apesar de a pasta da saúde ser complexa, ele ressalta que pegou a Secretaria com equipe completa, com atendimento médico em todas as unidades de saúde e com atendimento estendido no Posto de Saúde Central até as 21 horas. “A demanda é grande com grande número de consultas e a procura por medicação”.

Medicamentos

A procura por medicamentos é grande pela população do Rincão, mas os itens da atenção básica estão à disposição da população. De acordo com a farmacêutica Gisele Gomes, os medicamentos começaram a ser distribuídos nas unidades de saúde, principalmente para os pacientes que buscam todos os meses, como os hipertensos e diabéticos.

A farmacêutica relata que as maiores dificuldades estão na medicação que são cedidas pelo Estado e da esfera judicial. No Balneário Rincão são 79 pacientes que recebem medicação através de ações judiciais. Tem tratamento que chega a R$ 40 mil ao mês. Os medicamentos para o município estão sendo adquiridos através do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amrec (Cisamrec). Além disso, as Farmácias Populares fornecem alguns itens que não são encontrados na farmácia municipal.

Outra preocupação é com os tratamentos fora do domicílio – TFD, que são os pacientes que precisam de auxílio para realizar consultas em outras regiões como Florianópolis, Porto Alegre, Criciúma e Tubarão. Segundo o secretário somente para a realização de hemodiálise são feitas três viagens para Criciúma diariamente.