É a vez dos meninos de Içara

14

Pela primeira vez, município levará competidores do sexo masculino para o Pan-Americano da modalidade

Pela primeira vez em muitos anos de conquistas, karatecas içarenses do sexo masculino conseguem a classificação para o Pan Americano. Junto de Carolaine Pereira, veterana em competições internacionais, Isaac Pacheco e Gabriel Martignago compõem a seleção brasileira de karatê que vai, no mês de agosto, para Guayaquil, no Equador.

De acordo com Everaldo Pereira essa também será a maior delegação içarense no Pan. “Nossa maior delegação. A Carolaine já medalhou no Pan e está na sua quarta participação. Já os meninos estão em sua primeira edição. É também o primeiro ano que Içara leva meninos. São os novos talentos surgindo. Estou emocionado e feliz por essa conquista”, comemora o professor da equipe de karatê da associação Team Everaldo/FMCE/Esucri.

“As meninas foram tão guerreiras. Buscaram seu espaço. Conquistaram pódios regionais, estaduais, nacionais e internacionais. Agora os meninos seguem o mesmo caminho”, celebrou o sensei explicando que nem tudo foi acerto com a Sabrina e a Carolaine, “mas foi um grande aprendizado. Nossa experiência agora é transmitida aos novatos que estão absorvendo e conquistando o merecido espaço”.

Orgulho de mãe

Deise Ambrósio Pacheco, mãe de Isaac, declara sua felicidade. “Estou muito feliz por essa conquista do meu filho, pois não foi fácil conseguir recursos financeiros para ele poder participar dessa seletiva do Pan. Quase não deu certo, mas na última hora surgiram apoiadores e conseguimos as passagens para ele ir a Recife. Com a graça de Deus e muita determinação, o Isaac conseguiu o primeiro lugar no kumite e, com isso, a vaga na seleção brasileira”.

Já Isaac revela todo seu esforço. “Foram treinos intensos até chegar na seleção e realizar meu grande sonho. Cada obstáculo encontrado me dava mais força para seguir e a recompensa chegou”, falou o menino contando que antes da luta de classificação orou muito e pediu a bênção de Deus para classificar.

Gabriel já fez parte da seleção brasileira em 2017. No ano seguinte não chegou, mas nesse ano comemora a classificação inédita para o Pan. “Estou muito feliz. Nossa equipe é muito unida e isso nos fortalece”.

Carolaine está classificado para o kata individual sub-21. Isaac vai representar o Brasil na disputa do kumite sub-14 menos 40kg. Enquanto Gabriel entrou na disputa no kumute cadete menos 57kg.