Com dúvidas na escalação, Tigre viaja para encarar o líder

14

Durante toda a preparação para o jogo com o Botafogo, o Criciúma sofreu com lesões

O Tigre viajou ontem para Ribeirão Preto, em busca de uma vitória contra o líder da Série B do Campeonato Brasileiro. Amanhã à tarde, o Criciúma encara o Botafogo, atrás de mais três pontos e de sair da zona do rebaixamento.

Antes da viagem para o interior paulista, o técnico Gilson Kleina comandou um trabalho tático e conversou com o grupo no intuito de realizar ajustes na equipe. A atividade foi complementada com uma atividade de cobranças de falta e de escanteio para tratar do posicionamento de defesa e de ataque. Mas a dúvida é: qual é o time que entrará em campo?

Durante os nove dias de trabalho que teve desde a vitória sobre o Guarani, o treinador teve problemas com lesões. O goleiro Paulo Gianezini perdeu duas atividades, após sofrer uma pancada no joelho. Sandro sofreu com desgaste muscular, e Léo Gamalho sofreu uma contratura na panturrilha direita.

“Fizemos toda a programação que tínhamos delineado, mas alguns jogadores que ficaram em tratamento, caso do Léo, do Paulo, e jogadores que tivemos que administrar como o Sandro, o próprio Maicon. Ciclos de treino que não conseguimos trabalhar da forma que a gente pensa. Mas temos que pensar em outras alternativas. Jogadores que estão evoluindo nos treinamentos, que estão em crescimento. Mais uma vez a gente conviveu com circunstâncias de lesão e espero que a gente possa voltar com todo mundo”, afirmou o treinador.

Além disso, Kleina não contará com o zagueiro Derlan, expulso contra o Guarani, e com os goleiros Luiz e Bruno Grassi, que chegaram a participar de algumas atividades, mas precisaram voltar à fisioterapia. No último treino aberto para a imprensa, realizou uma atividade com Paulo Gianezini; Maicon, Sandro e Léo Santos; Marcos Vinicius, Adilson Goiano, Marlon, Eduardo e Wesley; Ceará e Vinícius.

“Nós mantivemos a plataforma dos três zagueiros, como também fizemos uma linha de quatro. Estamos buscando uma formação para distribuir melhor a nossa equipe. Entendo que com três zagueiros, houve um equilíbrio maior a nível de ações. Assim como a linha de 4 permite uma marcação mais precavida, mas tem que ter uma transição rápida”, afirmou Kleina.

O jogo contra o Botafogo está marcado para às 16h30, neste sábado, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O Tigre ainda deve realizar mais um treinamento antes da partida.

Devido aos resultados da rodada, o Criciúma entrou na zona de rebaixamento, na 17ª posição, com cinco pontos em cinco partidas. O Botafogo é o líder da Série B, com 12 pontos.