Prefeitura enfrenta dificuldades para contratar médicos

6

De acordo com a secretária de Saúde de Içara, o problema se estende à maioria dos municípios da Amrec

Após o rompimento do programa Mais Médicos, do governo Federal, milhares de municípios tiveram seus respectivos quadros de médicos desfalcados com os desligamentos dos profissionais que integravam o programa. Em Içara, seis médicos deixaram de atuar no município em razão da interrupção do Mais Médicos no Brasil.

Mas o município já conseguiu contratar quatro médicos para suprir a ausência. “Restam dois profissionais para completar o quadro de médicos, mas está muito difícil encontrar”, conta a secretária de Saúde, Jaqueline dos Santos. “Toda a região da Amrec e Santa Catarina está com essa dificuldade”, revela.

De acordo com a secretária, nenhuma Unidade de Saúde do Município está sem médico. “O que acontece é que em algumas unidades nós tínhamos dois médicos, como no bairro Aurora, Jardim Elizabeth e bairro Jaqueline, que tinham apoio de 20 horas nos lugares onde nós percebemos que o número de habitantes é um pouco maior”, explica.

Segundo ela, esses médicos que davam apoio, foram realocados nas unidades que ficaram sem profissionais da área após o término do Mais Médicos. “Foi feito o levantamento pela nossa técnica da Amrec, e o problema ocorre em toda a região”, afirma.

Formação é esperança

A secretária projeta que, em junho, novos médicos serão formados na região. Dessa forma, esses novos profissionais poderão suprir a necessidade na região.

De acordo com Jaqueline, a média salarial dos médicos na Amrec é parecida. Além disso, o salário oferecido aos que precisam ser contratados é igual ao que é pago aos atuais médicos contratados pelo município e os que já atuaram no programa Mais Médicos. “O salário bruto atual é de R$ 13.693. O município está bancando sozinho, pois o Governo Federal ainda não se posicionou a respeito de um novo programa. Estamos aguardando”, afirma Jaqueline.

Atualmente, o impacto financeiro no orçamento do município de Içara com a contratação de novos médicos já gira em torno de R$ 1,2 milhão. “Se todos os Mais Médicos saírem, que no caso nós temos 14, em um ano o impacto no orçamento será de R$ 3 milhões”, revela.

Hospital São Donato

O Hospital São Donato está em busca de um pediatra. Quando o profissional for contratado, o salário do médico será pago através de repasse do governo Municipal. Porém, de acordo com informações da assessoria do Hospital São Donato, até o momento o hospital não conseguiu contratar o profissional.